Pesquisar este blog

Seguidores

terça-feira, 22 de maio de 2012

Os Animais e o Espiritismo


Os Animais e o Espiritismo

Já fomos animais?

Kardec perguntou ao Espírito da Verdade sobre os animais vivendo em mundos superiores. A resposta dizia que, neles, os animais continuam a ser submissos aos humanos como servidores inteligentes.
Por mais evoluído que seja algum animal, não é superior a qualquer ser humano. Se existir alguma espécie superior, com certeza se seguirá à fase humana, mas, neste caso, já não seria mais animal e sim estaria em outro estágio supra-humano.

Principio Vital (não confundir com vitalidade)

61. Há uma diferença entre a matéria dos corpos orgânicos e a dos inorgânicos?

– A matéria é sempre a mesma, mas nos corpos orgânicos está animalizada.

62. Qual é a causa da animalização da matéria?

– Sua união com o princípio vital.

63. O princípio vital é um agente particular ou é apenas uma propriedade da matéria organizada? Numa palavra, é um efeito ou uma causa?

– Uma e outra. A vida é um efeito produzido pela ação de um agente sobre a matéria. Esse agente, sem a matéria, não é vida, do mesmo modo que a matéria não pode viver sem esse agente. O princípio vital dá a vida a todos os seres que o absorvem e assimilam.

65 .O princípio vital reside em algum dos corpos que conhecemos?

– Tem sua fonte no fluido universal. É o que chamais fluido magnético ou fluido elétrico animalizado. Ele é o intermediário, o elo entre o Espírito e a matéria.

Assim sendo sua fonte está na mesma fonte da Matéria distribuida por todo o Universo Material; o Fluido Cósmico Universal ou FCU.

Principio Inteligente

2. Qual é a fonte da inteligência?

– Já o dissemos: a inteligência universal.

73. O instinto é independente da inteligência?

– Não, precisamente, mas ele é uma espécie de inteligência. O instinto é uma inteligência não-racional. É por meio dele que todos os seres provêm as suas necessidades.

Portanto, é também universal a fonte, assim como o FCU.

Espírito

79. Uma vez que há dois elementos gerais no universo: o inteligente e o material, pode-se dizer que os Espíritos são formados do elemento inteligente, como os corpos inertes são formados do elemento material?

– É evidente. Os Espíritos são a individualização do princípio inteligente, como os corpos são a individualização do princípio material. A época e o modo dessa formação é que são desconhecidos.

Fica claro que o Espírito é a individualização do Princípio Inteligente, ou PI.
Temos as Plantas, que são formadas pelo elemento material com sua união com o PV ou Princípio Vital.

Temos os Animais, que são formados pelo elemento material com sua união com o PV e ainda unido ao PI ou Princípio Inteligente:

606. De onde os animais tiram o princípio inteligente que constitui a espécie particular de alma, da qual são dotados?

– Do elemento inteligente universal.

Portanto, da mesma fonte:

606. A inteligência do homem e a dos animais vêm de um princípio único?

– Sem dúvida. Mas no homem ela recebeu uma elaboração que o eleva acima do animal.

Portanto afirmar que já fomos animais não é exato.
Mas dizer que o Espírito já foi um Princípio Inteligente é.

Seguindo nesta linha de esclarecimento chagamos a questão.
607 . Assim, pode-se considerar que a alma teria sido o princípio inteligente dos seres inferiores da Criação?

– Não dissemos que tudo se encadeia na natureza e tende à unidade? É nesses seres, que estais longe de conhecer inteiramente, que o princípio inteligente se elabora, individualiza-se pouco a pouco e ensaia para a vida, como já dissemos.
É, de algum modo, um trabalho preparatório, como a germinação, em que o princípio inteligente sofre uma transformação e torna-se Espírito.
É então que começa o período da humanização e com ela a consciência de seu futuro, a distinção entre o bem e o mal e a responsabilidade de seus atos.
Assim como depois da infância vem a adolescência, depois a juventude e, enfim, a idade adulta. Não há, além disso, nessa origem nada que deva humilhar o homem.

610. Os Espíritos que disseram que o homem é um ser à parte na ordem da Criação estão enganados?

– Não; mas a questão não foi explicada e, aliás, há coisas que só a seu tempo podem ser esclarecidas. O homem é, de fato, um ser à parte, uma vez que tem faculdades que o distinguem de todos os outros e tem outra destinação. A espécie humana é a que Deus escolheu para a encarnação dos seres que podem conhecê-lo.

Mais adiante encontramos um artigo na web que resumo esta parte.
Neste ponto existem duas teorias:

Uma defende que esse princípio inteligente reencarna sempre enquanto animal, mantendo-se assim por toda a eternidade.

Outra defende que esse princípio inteligente vai evoluindo ao longo de milhões de anos até que chegará ao estado hominídeo, começando então a ganhar consciência de si próprio e dando os primeiros passos no grau de evolução onde nos encontramos.

A primeira teoria merece todo o nosso respeito, bem como as pessoas que a defendem, no entanto para nós não faz sentido que Deus tenha criado seres inferiores para permanecerem nessa situação eternamente, essa possibilidade não condiz com o conceito de Deus infinitamente justo, mais, no ultimo parágrafo da resposta 540 de O Livro dos Espíritos pode ler-se uma passagem que parece apontar nesse sentido: “(…) tudo se encadeia na Natureza, desde o átomo primitivo até o arcanjo, que também começou por ser átomo. Admirável lei de harmonia, que o vosso acanhado espírito ainda não pode apreender em seu conjunto!”

A resposta para esta duvida esta no próprio livro em uma questão adiante.

591. Nos mundos superiores, as plantas são de natureza mais perfeita, como os
outros seres?
“Tudo é mais perfeito. As plantas, porém, são sempre plantas, como os animais
sempre animais e os homens sempre homens.”

Outra coisa um átomo não pode evoluir ao nível de espirito puro.
E por quê? Porque o espírito é imaterial, enquanto o átomo é matéria essencial.
Isso significaria dizer que o espírito surge a partir da matéria e sabemos que não é isso o que a doutrina nos explica.

Como essa afirmação "ipisis literis" é um absurdo, seu significado como argumento pela evolução de todos os seres cai por terra. Há um outro significado, que só pode ser compreendido se dissociado de paixões e atavismos:

Átomos evoluem para moléculas mais complexas, plantas evoluem para plantas mais complexas, animais evoluem para animais mais complexos e espíritos evoluem ao estado de Pureza.

Em resumo: a afirmação estaria dizendo que átomos E arcanjos evoluem (do átomo ao arcanjo, tudo evolui).

Voltamos para LE
604. Os animais, mesmo aperfeiçoados nos mundos superiores, sendo sempre interiores aos homens, disso resultariam que Deus tivesse criado seres intelectuais perpetuamente votados à inferioridade, o que parece em desacordo com a unidade de vistas e de progresso que se assinalam em todas as suas obras?
— Tudo se encadeia na Natureza por liames que não podeis ainda perceber, e as coisas aparentemente mais disparatadas têm pontos de contato que o homem jamais chegará a compreender no seu estado atual. Pode entrevê-los por um esforço de sua inteligência, mas somente quando essa inteligência tiver atingido todo o seu desenvolvimento e se libertado dos prejuízos do orgulho e da ignorância poderá ver claramente na obra de Deus. Até lá suas idéias limitadas lhe farão ver as coisas de um ponto de vista mesquinho. Sabei que Deus não pode contradizer-se e que tudo, na Natureza, se harmoniza através de leis gerais que jamais se afastam da sublime sabedoria do Criador.
Bem e para finalizar fica a pergunta. Supondo que o homem venha evoluindo do animal em que parte do caminho ele perdeu o AMOR ABSOLUTO que é atributo de todo cão? Isto seria evoluir?


Concluindo.
A verdadeira doutrina espírita está no ensino dos Espíritos.
“Os conhecimentos que esse ensino encerra são demasiado sérios para serem adquiridos sem um estudo profundo e continuado, feito no silêncio e no recolhimento”.

Sobre animais nos planos espirituais.

Existem Animais no Mundo Espiritual ?

Herculano Pires comentando sobre esta afirmação: "Espíritos errantes são os que aguardam nova encarnação terrena (humana) mesmo que já estejam bastante elevados. São errantes porque estão na erraticidade, não se tendo ainda fixado em plano superior. Os espíritos de animais, mesmo dos animais superiores, não tem essa condição. Ler na Revista Espírita, no. 7 de julho de 1860, as comunicações do Espírito de Charlet e a crítica de Kardec a respeito."
É impossível, visto que os animais só possuem o instinto e não possuem o livre arbítrio (só os homens a possuem). E se eles não possuem o livre arbítrio, depois da morte física, não podem analisar seus erros e acertos, não podem sofrer penas nem gozos por não terem consciências de seus atos praticados no mundo físico, e nada mais justo que devolvê-los rapidamente ao mundo físico, seja em um planeta ou outro para que continuem sua evolução até chegarem ao estado hominal, donde daí para frente possuirão livre-arbítrio e sofrerão as penas e gozos do mundo espiritual.
Livro dos Médiuns, Cap. XXV, item 283, item 36 a 37.
283. Evocação de animais:
36. Pode-se evocar o Espírito de um animal?
- O princípio inteligente que animava o animal fica em estado latente após a morte. Os Espíritos encarregados desse trabalho imediatamente o utilizam para animar outros seres, através dos quais continuará o processo da sua elaboração. Assim, no mundo dos Espíritos não há Espíritos errantes de animais, mas somente Espíritos humanos. Isto responde a vossa pergunta.
37. Como se explica então que certas pessoas tenham evocado animais e recebido respostas?
- Evoque um rochedo e ele responderá. Há sempre uma multidão de Espíritos prontos a falar sobre tudo.
Livro dos Espíritos, Cap. XI, Item II, perguntas 598 a 600.
598. A alma dos animais conserva após a morte sua individualidade e a consciência de si mesma?
- Sua individualidade sim, mas não a consciência de si mesma. A vida inteligente permanece em estado latente.
599. A alma dos animais pode escolher a espécie em que prefira encarnar-se? - Não; ela não tem o livre-arbítrio.
600. A alma do animal, sobrevivendo ao corpo fica num estado errante como a do homem após a morte?
- Fica numa espécie de erraticidade, pois não está unida a um corpo. Mas não é um Espírito errante. O Espírito errante é um ser que pensa e age por sua livre vontade: o dos animais não tem a mesma faculdade. E a consciência de si mesmo que constitui o atributo principal do Espírito. O Espírito do animal é classificado, após a morte, pelos Espíritos incumbidos disso e utilizado quase imediatamente: não dispõe de tempo para se por em relação com outras criaturas.
Revista Espírita, janeiro de 1861, Allan Kardec:
“Sabe-se que não há Espíritos de animais errantes no mundo invisível e que, conseqüentemente, não pode haver aparições de animais, salvo o caso em que um Espírito fizesse surgir uma aparência desse gênero, com um objetivo determinado, o que não passaria, sempre, de uma aparência, e não o Espírito real de tal ou qual animal. O fato das aparições é incontestável, mas é preciso guardar-se de as ver em toda parte e de tomar como tais o jogo de certas imaginações facilmente exaltáveis, ou a visão retrospectiva das imagens estampadas no cérebro.”


Reações:

9 comentários:

Excelente!

Adoro ler a parte da D.E. que fala sobre os animais, sobre o espírito dos animais.

Parabéns!

Bjs.

Rosana.

Muito bom o texto, mas fiquei com uma dúvida, como explicar as menções a animais feitas por André Luiz e por outros espirítos que passaram pelos umbrais?? Seriam estes animais espirítos com seu perispirito transformado? Não parece razoavel...

Rodrigo

Esta sua pergunta esta respondida no outro artigo.
Estudando (animais no plano espiritual.

"em que parte do caminho ele perdeu o AMOR ABSOLUTO que é atributo de todo cão? Isto seria evoluir?"

Olá, talvez esse amor do cão não possa ser comparado ao amor do homem... Pense, ao passo que o espírito evolui e se torna consciente de sua existência e conhece coisas como o poder, a luxúria, o ódio, a vingança, o orgulho... Toma uma consciência que não pode ser comparada a do animal (que nem sabe o que são essas coisas de fato). Acho que essas são as "provas" pelas quais o homem, ao adquirir a consciência das possibilidades no mundo, tem que passar e "controlar" até se livrar delas, entendendo que são ilusões efêmeras, chegando assim ao amor puro... Não é nada fácil atingir o nível maior de amor após essas "provas" não acha? Aliás, são esses os sentimentos humanos que mais o afastam do amor incondicional.
Sei lá, é o uma hipótese...
=)

Mariana Sodemell

Mariana.
Concordo com sua avaliação mas, vou nais longe.
Pois no momento que o homem toma esta consciência ai sim que ele tem noção que deveria ser ou ter este amor incondicional.

Olá!

Sério? Eu já acho o contrário... Se olharmos o mundo como está, os homens estão mais mergulhados nas mesquinharias, nas ilusões q falei, do que na busca do amor verdadeiro. E tais ilusões como disse, são desconhecidas de fato pelos animais animais. Talvez pela imaturidade e ingenuidade de suas almas (pelo espírito ainda não ter alcançado uma maior consciência), sendo mais natural amarem quem os amam. Como uma criança, que ainda imatura e ingênua, não tem noção dos perigos do mundo e se deixa levar, por exemplo, por um pedófilo que oferece apenas doces, ou seja, por alguém que lhe pareceu gostar dela...

É fácil percebermos que pra maioria das pessoas é muito difícil de controlar coisas como o ódio, a raiva, a vingança... E são facilmente tentados pela luxúria, ostentação, vaidade... Poucos realmente buscam o amor, justamente pelas "tentações" ilusórias desse mundo, que passam a conhecer. Muitos nem sabem o que é o amor, nem tem noção! Sendo assim, não podem buscar algo que nem conhecem de fato o que seja. Pois vivem apaixonados e, literalmente, encantados pelas ilusões do mundo e muitos se alimentam disso, se contentam com isso (claro, uma hora, nem que seja em outras vidas, certamente sentirão um vazio). Até porque as ilusões são passadas para a sociedade como sendo as grandes felicidades da vida do homem, vide comerciais e propagandas. Muitos até tem noção tb e desejam muito a busca de ter dentro dos corações esse amor, mas entre ter a noção do amor incondicional e conseguir alcançá-lo... Aaah... Há um grande abismo sem dúvidas... E é o que nos difere das grandes almas.

Não li a doutrina toda, mas já percebi que existe uma "polêmica" sobre este assunto, até por isso que cheguei em seu blog. Mas veja, estou lançando uma idéia, eu sou assim, especulo muito, gosto de ter a mente livre para analisar coisas que me interessam e pensar nas possibilidades, diante dessas polêmicas... Mas n significa que acredito ou não nisso, mas pelos motivos que dei, acho lógico até, principalmente porque me parece o mais justo, pois todos os espíritos teriam chances de alcançar Deus e buscarem isso por si próprio, ao se tornarem homens. Mas entendo que o que é lógico para um não é pro outro. Então, por favor, espero que compreenda que estou aqui na paz, apenas "trocando uma idéia". Gostei muito de ter me respondido e espero que não ache que estou aqui pra convencer alguém de algo, ou pra impor minha idéias, mas apenas, como disse, dizer o que penso do assunto, com muita humildade de saber que posso estar errada e isso, só Deus sabe.

Muito obrigada pela atenção!

Tudo de bom! Até!
=)

Mariana Sodemell

Mariana Sodemell

Tenho uma comunidade no orkut onde debatemos a verdadeira doutrina
de kardec.

Se tu tiver interresse estou lhe aguardando. o link esta lá no topo da página.

Abraços.

Caramba, será que to cega?! Rs, juro que n vi nenhum link de orkut no topo(!). Qlquer coisa meu e-mail é mariroots@hotmail.com, se puder mande pra lá.

Muito obrigada

Mariana Sodemell

Mariana
Ou vc é muito filosófica e eu não consigo alcançar tuas idéias, ou vc não diz coisa com coisa. Isto é, uma coisa assim meio vã, sem muito embasamento...sei lá, algo assim meio utópico ou evasivo. Talvez vc esteja ensaiando uma maneira de começar uma conversa.
Homem é homem, animal é animal, planta é planta e pedra é pedra. Você não concorda comigo?
Partindo deste princípio acho que temos um começo de idéias que pode nos levar a alguma conclusão.
É...é isto mesmo. É elementar minha cara Mariana.
E vc Francisco sabe pq a carne de animal é indispensável para alimentação humana?
Quem não come carne é vegetariano? Idiota ou metido a santo?
É q eu não como carne sabe? Eu quero ver se consigo me encontrar.
Como disse Freud "conheça-te a ti mesmo". Ou foi Lula quem disse isto?
Bem para concluir o raciocínio. Só sei que de nada sei, como disse a Xuxa num programa de auditório, quando era chacrete do gugu.
Espero ter ajudado.
Bjos
Lisa

O LADO OBSCURO DO ESPIRITISMO # SEGUIDORES DE CHICO XAVIER